O lago e a cachoeira

IMG_0563.JPG

Foto analógica, Olympus Trip 35

Graças ao meu tratamento, estou mais estável. Porém, isso me faz ter a impressão de que estou um pouco morta, entorpecida, anestesiada.

Eu estava acostumada a sentir demais, a vivenciar fortes emoções diariamente, oscilando entre as boas e as ruins.

Era bom? Não.

Mas me fazia sentir viva.

Por isso a metáfora do lago e da cachoeira. Podemos até ter a impressão de que existe mais vida no pé de uma cachoeira, onde está o movimento, o barulho e a agitação. Só que é uma mentira. A vida só prolifera no lago calmo.

Eu podia me sentir viva, mas na verdade estava morrendo aos poucos.

Estou muito mais viva agora.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s