Quinta-feira, 1º de junho – ficção

Estou lendo dois livros no momento, um deles chamado A brincadeira, de Milan Kundera, e o outro, O vermelho e o negro, de Stendhal. Ambos são romances europeus. Kundera é tcheco – mas atualmente mora na França – e Stendhal é francês.

Eu fico admirada pelos parágrafos longos e pelas frases bonitas que esses dois constroem. Que vontade de roubá-las!

Estou pensando em me arriscar na ficção, mas não sei por onde começar. Nessas horas vejo que em tantos anos de escola aprendi pouquíssimo sobre como produzir arte. Vamos ser sinceros? Não aprendi bosta nenhuma.

Gostaria de escrever literatura erótica, como a Anaïs Nin, com quem me identifico porque ela também publicou diários. Uma memorialista e escritora de contos eróticos. Nada mal.

Disse que me identifico com a Anaïs, mas jamais li um livro dela. Aparentemente, apenas um dos livros que ela escreveu ainda é impresso, mas estava fora de estoque em todas as livrarias que visitei. O que fiz? Encomendei o livro “Passarinhos” pelo Estante Virtual. A capa era muito bonita e na descrição dizia ter grifos do antigo dono – adoro isso! Vou receber um pouco da história de quem leu o livro antes de mim!

Outra dificuldade para eu me iniciar na escrita de ficção é a vergonha. Não sei se vou conseguir passar os sentimentos que desejo e posso falhar de maneira aterradora. Principalmente na literatura erótica, onde tudo pode pender facilmente para o ridículo. Preciso melhorar a minha auto-confiança.

 

Beijos.

SS.

 

R1-00544-015A

Foto analógica, Pentax K1000, Ibirapuera

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s