Quando você não sabe valorizar o que está diante dos seus olhos

Eu tive um amigo que gostava de mim. Hoje ele me superou. Eu jamais poderia ter imaginado o quanto isso ia doer.

Por quase quatro anos eu o ignorei e deixei claro que ele estava perdendo tempo ao gostar de mim. Agora eu só consigo pensar na cor que pintaremos o banheiro da nossa casa (magenta), em viajarmos para Paris juntos, andar de mãos dadas, visitar o estado dele…

Do que eu tinha tanto medo? De que ele fugisse de mim? Ele transou comigo e não fugiu. Eu estava errada.

Ele diz que eu o humilhei muito durante esses anos em que ele gostou de mim sem ser correspondido. Meu deus. Não quero acreditar que eu fui tão ruim. Nao é à toa que ele tenha desistido.

Como estou infeliz. Quero jogar pela janela todos os planos para essa semana que fiz com a minha psiquiatra. Se eu estivesse frequentando a faculdade, essa seria uma semana em que eu iria para as provas sem estudar, faltaria nas aulas, choraria na frente dos meus colegas…

Ontem pensei em tentar me matar para ver se ele voltava para mim. Mas se ele voltasse, seria por pena. E não tem muitas coisas piores ou mais patéticas do que alguém estar com você por pena.

IMG_3617

Pentax K1000, Kodak Professional ISO 100 – Bonito – MS (o estado do meu amigo…)

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s